Clique para ampliar


Otto e Langen

Uma das realizações bem sucedidas nos motores a gás foi aquele de Nicolaus Otto e Eugen Langen, construído em 1867. O motor estava ligado ao eixo motriz não por uma alavanca, mas por meio de uma cremalheira e roda livre. A carga de gás era admitida na base do cilindro, e, quando explodia, empurrava o pistão para cima. Quando o pistão descia, por gravidade, empurrava a cremalheira e esta fazia o volante girar. Havia um dispositivo especial para manter a ignição com duas chamas, pois a primeira era apagada quando da explosão, e então uma segunda a reacendia para a próxima explosão. Apesar destes complicados mecanismos, este motor era altamente confiável, e muito popular em seu tempo

 


Siegfried Marcus

Siegfried Marcus foi um grande engenheiro e construtor. Nascido em 1833, ele viveu a maior parte de sua vida em Viena. Obteve um grande número de patentes, dentre elas a de um detonador que teve amplo uso nas forças armadas da Áustria. Segundo algumas fontes, teria sido ele o criador do primeiro automóvel, equipado com um motor de dois tempos, em 1864. Era um dispositivo tosco, Clique para ampliarbasicamente um motor sobre uma plataforma. O seu segundo automóvel, de 1875, era um modelo evoluído, que se assemelhava muito aos outros projetos de então ou que vieram após. Segundo se diz, este modelo só subsistiu porque foi ocultado numa parede falsa no museu de Viena quando da ocupação nazista, pois estes tinham ordens de destruir tudo que se referisse a Marcus, que tinha origem hebraica

Clique para ampliar

Clique para ampliar

<<

1 | 2 | 3 | 4 | 5


>>