- V E Í C U L O S  A  V A P O R -

Tração animal  |  Outras tecnologias  |  Motor a explosão


 

Clique para ampliar

Triciclo a vapor de Rickett
Apesar da grande repressão à locomoção mecânica viária no Reino Unido, alguns pesquisadores resistiram, e conseguiram produzir dispositivos relativamente bem-sucedidos. Em 1854, o escocês Thomas Rickett construiu um triciclo a vapor de dois lugares, que apresentava uma novidade na construção automobilística de então, a colocação da caldeira horizontalmente. Esta técnica provavelmente se inspirou no domínio ferroviário. Seu sucesso relativo ocasionou uma encomenda, a do Marquês de Stafford, em 1858. Em 1860, foi a vez do Conde de Caithness receber um veículo das mãos de Rickett. As inúmeras restrições existentes ao uso desses veículos impediram um maior sucesso, que só foi acessível a construtores que sucederam a Rickett

 

Carro a vapor de Bordino
Virgilio Bordino, engenheiro do exército italiano, construiu este veículo em 1854, em Turim. Ele utilizou a experiência adquirida em sua estada na Inglaterra, junto a construtores de veículos viários a vapor, para chegar a um modelo que funcionasse. Seu projeto se assemelha, em linhas gerais, àqueles dos construtores ingleses de sucesso desse período, tais como Hancock e Gurney. O destino deste veículo, entretanto, não foi muito brilhante, quer pelas deficiências intrínsecas deste tipo de projeto, quer pela grande resistência das pessoas a estas máquinas aparentemente ameaçadoras

Clique para ampliar

 

Clique para ampliar

Locomotiva viária de Fowler
Na Inglaterra, a partir da década de 1830, tornou-se quase impossível aos construtores de veículos viários a vapor continuarem seus trabalhos. Uma infinidade de obstáculos legais e administrativos foi erigida contra suas atividades, principalmente por pressão dos donos de ferrovias e dos proprietários de diligências hipomóveis. Banidos das estradas puderam, entretanto, desenvolver com grande sucesso alguns veículos para uso na lavoura. Um dos construtores desse tipo de veículo foi Fowler, com seu veículo de 1862, que pesava de 9 a 10 toneladas. Além de servir como trator, quando parado fornecia energia para a mecanização do beneficiamento do trigo. A imagem mostra uma bem conservada locomotiva de Fowler de 1871

<<


1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11
12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18

>>